Exército do Egito eliminou o líder do grupo Ansar Bait al-Maqdis no Sinai do Norte

© AP Photo / Ahmed Abd El LatifPenínsula do Sinai, Egito
Península do Sinai, Egito - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares do Egito liquidaram o líder do grupo terrorista Ansar Bait al-Maqdis no Sinai do Norte, informou o Ministério da Defesa do país. Segundo a CIA, o grupo é responsável pela explosão e queda na aeronave russa A321 no Egito.

Cidade-resort de Sharm el-Sheikh, na Península do Sinai, no Egito - Sputnik Brasil
Chefe do Parlamento do Egito: 'O Sinai está livre de terroristas'
Segundo os militares, junto com o líder do grupo, foram eliminados mais 45 membros da organização extremista.

No final de outubro de 2015 aconteceu a maior catástrofe na história da aviação russa e soviética. O Airbus A321 da companhia aérea Kogalymavia, que se dirigia de Sharm El-Sheikh (Egito) para São Petersburgo (Rússia), explodiu e sofreu uma queda no Sinai, após um atentado terrorista. A bordo estacam 217 passageiros e sete membros da tripulação. Não houve sobreviventes.

O grupo terrorista Ansar Bait al-Maqdis é um braço do Daesh no Egito.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала