Terroristas usam armas químicas na Síria e deixam civis mortos

© AFP 2022 / JM LOPEZ Simulação de como responder a um ataque de armas químicas na cidade síria de Aleppo
Simulação de como responder a um ataque de armas químicas na cidade síria de Aleppo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Terroristas detonaram bombas com gás venenoso na cidade síria de Aleppo, matando cinco civis, disse a RIA Novosti na cidade anfitriã. A informação é da agência Sputnik, citando forças de auto-defesa locais.

Um oficial iraquiano mostra armazém de armas químicas do Daesh - Sputnik Brasil
Daesh realiza 10 ataques com armas químicas em apenas seis semanas
"Os terroristas usaram armas que contêm substâncias que causam asfixia e relaxam o sistema nervoso. Cinco pessoas morreram sufocadas", disse a fonte.

As bombas teriam explodido as bombas nos bairros de Bab al-Faraj e Bustan-Kel-Ab. Em outras ocasiões, os terroristas já haviam usado projéteis com gás sufocante durante o bombardeio a bairros curdos de Aleppo em abril e maio.

Os militantes do Daesh (Estado islâmico) frequentemente usaram armas químicas à base de cloro na Síria e no Iraque para atacar posições da milícia curda e do exército iraquiano.

Segundo alguns relatos, os militantes têm estabelecido a sua produção nos laboratórios da universidade da cidade iraquiana de Mosul, ocupada pelos grupos terroristas. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала