Na fronteira de Donbass é detido um padre com granadas e RPG

© AP Photo / Vadim GhirdaSoldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass
Soldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia ucraniana deteve na região de Donbass um padre com duas RPG (lança-granadas-foguete) e cinco granadas, relatou o chefe da polícia da região de Donbass Vyacheslav Abroskin na sua página no Facebook.

O sacerdote queria retirar estes armas da região independente de Donbass como uma lembrança e usá-las para pescar.

Segundo o relato da Polícia Nacional da Ucrânia, durante as buscas em um ônibus no posto de controle de Mangush, foram descobertas cinco granadas e duas RPG ao lado de um sacerdote. Agora o homem pode ficar preso até sete anos, de acordo com a legislação ucraniana.

Carro de bombeiros ucranianos - Sputnik Brasil
Explosão na Ucrânia resulta na morte de representante da OTAN
Em abril de 2014, Kiev iniciou uma operação militar nas províncias ucranianas de Donetsk e Lugansk para apagar os focos de indignação pela mudança violenta de poder ocorrida em fevereiro do mesmo ano. A ONU registra quase 9.400 mortos e 21.500 feridos em resultado do conflito.

Em fevereiro de 2015, um acordo de paz foi assinado em Minsk, capital da Bielorrússia, após conversações no formato do Quarteto da Normandia (Rússia, Ucrânia, França e Alemanha).

O acordo estipula um cessar-fogo total, a retirada de armas pesadas da linha de contato no leste da Ucrânia, a troca de prisioneiros no formato todos-por-todos e reformas constitucionais, que dariam um estatuto especial às autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала