WADA rejeita criticas do COI sobre publicação do relatório do doping russo

Nos siga noTelegram
A Agência Mundial Antidoping (WADA) rejeitou as alegações do chefe do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, sobre a data da publicação do relatório sobre a situação do doping no esporte russo.

Bandeira russa em um estádio - Sputnik Brasil
Decisão do COI de que a equipe russa pode participar nos Jogos desaponta WADA
“O comitê executivo da WADA apoiou o mandato independente de Richard McLaren (especialista canadense, autor do relatório sobre a Rússia), que, no interesse dos atletas ‘limpos’, buscou a obtenção de provas o mais rápido possível", disse o presidente da WADA, Craig Reedy, em um comunicado nesta segunda-feira (1). 

“Embora o relatório tenha desestabilizado a preparação para os Jogos, obviamente, tendo em conta a gravidade das revelações expostas, elas deveriam ter sido publicadas, e as medidas tomadas imediatamente", disse ele, destacando que o relatório foi publicado o mais rápido possível.

Anteriormente, o chefe do COI, Thomas Bach, criticou a WADA pelo prazo em que foi divulgado o relatório de McLaren. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала