Saara Ocidental em disputa: ONU prepara nova proposta para retomar negociações

© AP Photo / Daniel Ochoa de OlzaSoldados da Frente Polisário durante uma parada militar na aldeia de Tifariti, Saara Ocidental (foto de arquivo).
Soldados da Frente Polisário durante uma parada militar na aldeia de Tifariti, Saara Ocidental (foto de arquivo). - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Nações Unidas estão preparando uma "proposta formal" para reiniciar as negociações sobre o Saara Ocidental e o enviado da organização considera fazer uma nova excursão à região em litígio, segundo disse nesta segunda-feira um porta-voz da ONU.

Moroccan woman waves her national flag outside the Swedish Embassy in Rabat, Morocco, as hundreds of protesters stage a protest against Sweden’s diplomatic position on Moroccan-controlled Western Sahara, Sunday, Oct. 4, 2015 - Sputnik Brasil
Marrocos prende italiano suspeito de ligação com o Daesh
O enviado Christopher Ross manteve contato por uma semana com as partes interessadas para destacar "a necessidade de reativar o processo de negociação no Saara Ocidental" e de definir datas para uma próxima visita, disse o porta-voz adjunto da ONU Farhan Haq.

"Uma proposta formal está sendo feita para as partes e os países vizinhos", acrescentou ele, sem dar mais detalhes.

O Conselho de Segurança fez um apelo em 26 de Julho para a retomada das negociações sob os auspícios das Nações Unidas para determinar o estatuto do Saara Ocidental, território disputado pelo Marrocos e pelos separatistas da Frente Polisário.

As conversações entraram num impasse, apesar de quatro rodadas de negociações entre os dois lados com a mediação da ONU.

Visita do presidente russo Vladimir Putin ao Marrocos (maio de 2015) - Sputnik Brasil
Rússia fortalece aliança com Marrocos no setor de energia
O Conselho registou também o progresso na resolução do litígio entre Rabat e a ONU, que em março provocou a expulsão, por parte do Marrocos, da maior parte dos peritos civis da Missão das Nações Unidas no Sara Ocidental (MINURSO).

Recentemente, o reino aceitou que um primeiro grupo de 25 peritos retorne à região.

A expulsão foi motivada por observações feitas pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, durante uma visita a um campo de refugiados sarauís na Argélia. Ban se referiu a uma "ocupação" do Saara Ocidental, enquanto Rabat considera esta antiga colônia espanhola anexada em 1975 como parte do reino.

O Marrocos propõe como solução uma ampla autonomia sob sua soberania. A Frente Polisário, apoiada pela Argélia, reivindica um referendo de autodeterminação.

A MINURSO foi implantada em 1991 para controlar o cumprimento do cessar-fogo entre Marrocos e a Frente Polisário, bem como para organizar um referendo.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала