Cooperação militar russo-chinesa está orientada contra terrorismo

Nos siga noTelegram
O vice-ministro da Defesa da Rússia, Anatoly Antonov, declarou que a cooperação militar entre Rússia e China ficou mais ativa e chegou a um novo nível de parceria estratégica.

Ilha Thitu do arquipélago Spratly no Mar do Sul da China - Sputnik Brasil
Rússia e China pretendem realizar exercícios navais conjuntos no Mar do Sul da China
“Isto se confirma com resultados práticos concretos. Nossas forças armadas adquiriram novas características qualitativas. Isto diz respeito a armas modernas e a melhoria das habilidades de sua aplicação conjunta", disse Antonov nesta quinta-feira (28), em discurso na recepção oficial de militares na Embaixada da China na Rússia. 

Segundo ele, a cooperação na esfera militar “ocupa um lugar importante no complexo de relações entre Rússia e China e diz respeito ao reforço das principais direções das relações estratégicas bilaterais”.  

“Nós não cooperamos contra alguém – a nossa relação está orientada para uma ação contra desafios e ameaças contemporâneas. O nosso principal inimigo comum é o terrorismo internacional”, completou Antonov. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала