Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ucrânia na torcida para UE impedir a construção da 'Corrente Turca'

© REUTERS / Gleb GaranichEstação de distribuição de gás na Ucrânia
Estação de distribuição de gás na Ucrânia - Sputnik Brasil
Nos siga no
A União Europeia, se possuir vontade política, pode impedir a construção do gasoduto Corrente Turca, declarou Andrei Kobolev, presidente da estatal ucraniana Naftogaz, em entrevista transmitida pela emissora local Canal 5.

Distribuição russa de gás - Sputnik Brasil
Gazprom se prepara para reiniciar gasoduto Corrente Turca
"Nem a Turquia, nem a Rússia possuem as tecnologias de construção de gasodutos em águas profundas. Somente as empresas estrangeiras podem fazer isso. Por isso, se desejarem muito, a UE e os países Ocidentais, aplicando sanções, podem parar esse projeto. Tudo depende da vontade política", disse Kobolev, ao comentar as perspectivas da Corrente Turca.

Ele completou que as tecnologias necessárias para o projeto pertencem a quatro países. O executivo não foi mais específico, mas disse que, se esses países não participarem do projeto, o mesmo não será realizado.

Kobolev aproveitou para alertar que a construção da Corrente Turca traz riscos para a Ucrânia, pois o trânsito de gás da Rússia por território ucraniano ficaria reduzido.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала