- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Qual será o país que levará as medalhas russas no Rio 2016?

© Sputnik / Valeriy Melnikov / Abrir o banco de imagensA seleção olímpica da Rússia
A seleção olímpica da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Não importa qual seja o resultado dos testes de doping – positivo ou negativo – o Tribunal Arbitral do Esporte decidiu afastar os atletas russos da Olimpíada no Rio 2016. Será que toda a seleção russa terá de responder por erros de alguns esportistas?

O membro honorário do Comitê Olímpico Internacional (COI) Jean-Claude Killy disse que o TAE não decidiu afastar os atletas russos, mas permitiu que a Associação Internacional de Federações de Atletismo fizesse isso. Mas Killy ao mesmo tempo está muito aflito que o Comitê insista em afastamento.

"Sou um ex-esportista. Acho que estas sanções não têm sentido, tendo em conta que as amostras de doping dos atletas são negativas. <…> Eles não têm de que fazer um reproche. A representante deles Yelena Isinbayeva explicou isso claramente", disse.

Jean-Claude Killy disse que não vai fazer previsões sobre uma possível decisão do COI neste sentido, mas espera que a decisão seja feita tendo em conta a personalidade dos esportistas, em vez de motivos políticos ou técnicos.

Yulia Stepanova durante o Campeonato Europeu de Atletismo de 2016, em Amsterdã, em 6 de julho - Sputnik Brasil
WADA se diz preocupada com suspensão de Stepanova
A investigação da Agência Mundial Antidoping (WADA na sigla em inglês) se baseia em um único testemunho. O produtor de vasilhame para amostras de testes de doping põe em dúvida os resultados desta investigação. Neste contesto, Jean-Claude Killy faz uma pergunta retórica: "E não é preciso fazer uma investigação adicional antes de afastar os atletas dos Jogos?"

"Nenhum russo foi interrogado. Os especialistas e cientistas que tinham trabalhado em laboratórios durante os Jogos em Sochi de 2014 não tinham visto nada, não tinham ouvido. <…> Todos acreditaram nas palavras de uma só pessoa, que agora está em fuga nos EUA. Acho que tudo isto foi feito bruscamente demais e terminou demasiado depressa", assinala o membro de honra de COI.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала