Apocalipse já está perto: sol sangrento em LA será um sinal disso?

Nos siga noTelegram
As redes sociais estão cheias de fotos do sol sangrento que chocou a população de Los Angeles no fim da semana passada. É um sinal de apocalipse iminente ou apenas um fenômeno raro da natureza?

Não, os Quatro Cavaleiros do Apocalipse ainda não foram registrados na cidade de Califórnia!

Segundo os analistas, esta cor insólita foi causada pela fumaça de incêndios que ocorreram em Califórnia, o maior estado do país. 

Red sun! Smoke from the Santa Clarita #SandFire reaches all the way to Redondo Beach.

Фото опубликовано Chris Fabregas (@chrisfabregas) Июл 24 2016 в 12:08 PDT

Em Los Angeles, uma nuvem de fumaça não permitiu a luz do sol atingir a Terra, o que causou uma queda brusca de temperatura em alguns minutos.

Segundo o jornal Santa Monica Observer, às 17h00 do tempo local (21h00 do Brasil) estava tão escuro que as pessoas começaram a ligar os faróis dos carros e os pássaros cessaram de cantar. 

The sun shines red in Santa Monica because of the #sandfire

Фото опубликовано Eric (@esqdawg) Июл 24 2016 в 10:40 PDT

As autoridades da cidade apelaram aos habitantes para permanecerem nas casas devido ao nível elevado de partículas nocivas no ar.

O sol "sangrento" mais celebre aconteceu após a erupção do vulcão Krakatoa em 1883. Naquela altura, foi possível observar crepúsculos vermelhos em todos os cantos do planeta. Isto foi causado por abundância de cinzas vulcânicas. O pintor Edvard Munch imortalizou a cena em sua pintura "O Grito".  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала