Panamá: Governo começa a investigar a invasão dos EUA que derrubou o general Noriega

© AFP 2022 / BOB SULLIVANFoto tirada em 4 de outubro de 1989: General Manuel Noriega na Cidade do Panamá
Foto tirada em 4 de outubro de 1989: General Manuel Noriega na Cidade do Panamá - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo do Panamá lançou uma investigação sobre a invasão dos EUA em 1989 que derrubou o ditador militar general Manuel Noriega, segundo relata a BBC nesta quinta-feira (21).

A comissão irá determinar quantas pessoas morreram durante a operação, bem como tentará identificar todas as vítimas. 

Além disso, também será avaliado se os parentes das vítimas merecem compensação. 

Obras no Canal do Panamá - Sputnik Brasil
Opinião: Panamá ainda sofre efeitos da invasão dos EUA em 1989
Oficialmente, 514 soldados d civis panamenhos foram mortos durante a invasão norte-americana, mas alguns grupos locais dizem que o número real está mais perto de 1.000. Do lado dos EUA, houve 23 baixas militares. 

Noriega, hoje com 83 anos, está preso no Panamá, condenado por encomendar o desaparecimento de dissidentes durante seu governo, entre 1983 e1989. Ele também já cumpriu penas nos EUA e na França.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала