Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Reino Unido: batalhões da OTAN perto da Rússia são legais

© AFP 2021 / RAIGO PAJULASoldado estoniano participa dos exercícios militares anuais em conjunto com as tropas da OTAN, Estônia, maio de 2014 (foto de arquivo)
Soldado estoniano participa dos exercícios militares anuais em conjunto com as tropas da OTAN, Estônia, maio de 2014 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
A colocação de quatro batalhões rotativos da OTAN na Europa do Leste não viola o Ato fundador Rússia-OTAN, declarou o chefe da Defesa britânica Michael Fallon.

A respectiva declaração foi feita nesta terça-feira (19). Por via do documento assinado em 1997, a Aliança Atlântica se comprometeu a não instalar no território de seus países-membros, situados no leste da Europa, forças militares significativas adicionais com caráter permanente.

"O formato rotativo de quatro batalhões adicionais não viola o Ato Fundador Rússia-OTAN," disse.

Soldados do exército dos EUA em Latvia participam da Operação Atlantic Resolve da OTAN - Sputnik Brasil
Opinião: OTAN enfrenta risco de guerra com Rússia
A última cúpula da OTAN, realizada entre os dias 8 e 9 de julho em Varsóvia, teve como foco as relações com a Rússia. Foi durante a cúpula que a aliança militar tomou a decisão de instalar batalhões adicionais em uma série de países bálticos: Lituânia, Letônia, Estônia e Polônia.

Além disso, na segunda-feira (18), a Câmara dos Comuns do Reino Unido apoiou a modernização do escudo nuclear do país. A decisão respectiva foi tomada por maioria de votos – 472 contra 117.

Tudo isso está sendo feito sob alegada ameaça proveniente da Rússia, mas Moscou tem por várias vezes mostrado sua preocupação com o aumento da presença militar da Aliança Atlântica na Europa do Leste.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала