Ataques da coalizão internacional matam mais 60 civis na Síria

© REUTERS / Abdalrhman IsmailHomens procuram por sobreviventes sob os escombros de um edifício danificado após um ataque aéreo em Aleppo realizado pelos rebeldes na área de Qadi Askar, Síria 08 de julho de 2016.
Homens procuram por sobreviventes sob os escombros de um edifício danificado após um ataque aéreo em Aleppo realizado pelos rebeldes na área de Qadi Askar, Síria 08 de julho de 2016. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cerca de 60 civis, incluindo mulheres e crianças, foram mortos nesta terça-feira na Síria em bombardeios realizados pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, segundo informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Fighters of the Manbij Military Council and the Syrian Democratic Forces gather in the southern rural area of Manbij, in Aleppo Governorate, Syria. file photo - Sputnik Brasil
Ativistas acusam coalizão americana de matar mais 15 civis na Síria
De acordo com a organização, os civis teriam sido confundidos com militantes jihadistas quando tentavam fugir dos ataques à localidade de Al Tukhar, na província de Aleppo. 

"Aparentemente, se trata de um erro", afirmou o diretor da OSDH, Rami Abdel Rahman, citado pela AFP. "Há ao menos 56 civis mortos, incluindo 11 crianças, e dezenas de feridos, alguns muito graves".

O observatório também acusou a aviação russa de matar outros 21 civis, na cidade de Atareb, também em Aleppo, nesta terça-feira. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала