China abre caminho para o Ártico

© Sputnik / Valeria Yarmolenko Zona ártica russa
Zona ártica russa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O gigante chinês de transportes COSCO planeja enviar três navios de carga através do Oceano Ártico neste verão, de acordo com sua declaração, enquanto o aquecimento global torna mais viável o uso da passagem do Nordeste.

missão de desbravamento no Ártico - Sputnik Brasil
Moscou: Rússia aumenta presença militar no Ártico
A passagem do Nordeste é um itinerário ártico no Norte da Rússia, que fica gelado durante uma grande parte do ano, mas por causa da mudança climática ela está se tornando mais acessível, potencialmente diminuindo o tempo de viagem para a Europa. Por isso a China vê a oportunidade de remodelar os fluxos comerciais globais.

O navio Yong Sheng da empresa COSCO partiu da cidade portuária chinesa de Tianjin, no sábado para uma viagem através da passagem do Nordeste com destino à Grã-Bretanha. Dois navios estão programados para navegar pela passagem do Nordeste no próximo mês, divulgou a empresa em um comunicado no fim de semana.

A Administração de Segurança Marítima da China publicou em maio um guia, que inclui cartas náuticas e descrições das condições de gelo para outra rota marítima do Ártico, a Passagem do Noroeste no Norte do Canadá.

O Canadá declara que a Passagem do Noroeste faz parte de suas águas interiores, enquanto alguns outros países consideram-na como um estreito internacional.
A China não tem fronteiras com a região ártica e não tem nenhuma reivindicação territorial, mas é um membro-observador do Conselho do Ártico.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала