Famosa profetisa Vanga prevê desintegração da Europa no final de 2016

© AP Photo / BTARetrato da adivinha Vanga
Retrato da adivinha Vanga - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No contexto da polêmica em torno do referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, os jornalistas britânicos lembram a famosa profetisa búlgara Vanga, que previu há muitos anos a desintegração da Europa no final de 2016.

Ministro das Finanças norte-americano Jack Lew - Sputnik Brasil
Ministro das Finanças dos EUA visitará Europa para discutir as consequências do Brexit
De acordo com especialistas, cerca de 85 por cento dos vaticínios de Vanga se provou terem sido cumpridos.

Assim, Vanga, que morreu em 1996 com a idade de 85 anos, profetizou ataques terroristas nos EUA no dia 11 de setembro de 2001 e um tsunami devastador na Tailândia. Os jornalistas britânicos citam Vanga, dizendo que a Europa unida deixará de existir em 2016, informou o jornal Sun na terça-feira. Mas há neste momento condições prévias: o Reino Unido sai da União Europeia e a lista não está completa porque no futuro outros países poderão seguir o exemplo de Londres.

Espaço Schengen, bandeira da União Europeia - Sputnik Brasil
UE prolonga sanções contra Rússia até janeiro de 2017
O Sun também recordou a adivinhação de Vanga que "a Europa será conquistada por extremistas islâmicos". No entanto, este vaticínio provou não ser totalmente correto: de acordo com Vanga, toda a vida na Europa deveria se extinguir devido ao uso de armas químicas.

O fenômeno da "Nostradamus dos Balcãs" foi tão frequentemente criticado nas últimas décadas como elogiado. Segundo várias informações não confirmadas, o KGB, os serviços de inteligência da União Soviética, contribuiu para a propagação de mitos e rumores sobre Vanga.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала