Submarinos não tripulados entram ao serviço da Marinha russa

Nos siga noTelegram
Pelo menos 10 submarinos não tripulados serão comprados pela Marinha da Federação da Rússia até final de 2017. Esses equipamentos são operados por controle remoto e capazes de realizar tarefas a uma profundidade de mais de 300 metros.

Os submarinos Marlin 350 são projetados para atuar em operações de exploração do subsolo marítimo. A Marinha planeja usar equipamento deste tipo em suas operações de busca e salvamento. Além disso, o aparelho pode ser utilizado tanto para a instalação de marcadores hidroacústicos, como para a elevação de objetos com o seu manipulador.

© Ministério da Defesa da RússiaSubmarino não tripulado Marlin 350.
Submarino não tripulado Marlin 350 - Sputnik Brasil
1/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
© Ministério da Defesa da RússiaSubmarino não tripulado Marlin 350.
Submarino não tripulado Marlin 350 - Sputnik Brasil
2/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
© Ministério da Defesa da RússiaSubmarino não tripulado Marlin 350.
Submarino não tripulado Marlin 350 - Sputnik Brasil
3/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
© Ministério da Defesa da RússiaSubmarino não tripulado Marlin 350.
Submarino não tripulado Marlin 350 - Sputnik Brasil
4/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
1/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
2/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
3/4
Submarino não tripulado Marlin 350.
4/4
Submarino não tripulado Marlin 350.

A principal vantagem do Marlin 350 é sua alta mobilidade. Além disso, o seu pequeno tamanho permite utilizar este dispositivo a bordo de qualquer tipo de embarcação. É um sistema de acionamento rápido e fácil de usar, o que é importante no tempo limitado em operações da busca e salvamento.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала