Após pedir desculpas a Moscou, Turquia espera receber um milhão de turistas russos em 2016

© Sputnik / Alexei Danichev / Abrir o banco de imagensTuristas se banham na antiga cidade turca de Hierápolis
Turistas se banham na antiga cidade turca de Hierápolis - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Turquia espera que cerca de um milhão de turistas russos visite o país até o final do ano, segundo disse o ministro da Cultura e Turismo turco, Nabi Avci, nesta segunda-feira (11).

"Esperamos que cerca de um milhão de turistas russos virá a nós este ano. A partir do próximo ano, esperamos voltar às cifras anteriores", disse Avci ao canal de televisão NTV.

Praia em Antalya - Sputnik Brasil
Turistas russos são recebidos com coquetéis e flores na Turquia
Ele acrescentou que a crise na indústria do turismo do país afetou negativamente 56 áreas ligadas ao setor.

Os laços entre Moscou e Ancara azedaram no ano passado, após um jato turco abater um avião russo sobre a Síria. A Rússia suspendeu voos fretados e venda de pacotes turísticos para a Turquia como parte das medidas tomadas em retaliação às ações de Ancara.

Em 2015, 3,65 milhões de turistas russos visitaram a Turquia. Depois do incidente com o jato russo, o número de turistas russos na cidade turística de Antália, entre janeiro e maio de 2016, diminuiu 26 vezes em relação ao ano anterior.

Anitkabir, o mausoléu de Mustafa Kemal Atatürk em Akara, Turquia - Sputnik Brasil
Erdogan pede desculpas pela morte do piloto de Su-24 em carta a Putin
No mês passado, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, finalmente pediu desculpas pelo incidente de novembro, em uma carta endereçada ao presidente russo, Vladimir Putin. Ao fazê-lo, Ancara cumpriu uma das condições de Moscou para restaurar a parceria de longa data entre os dois países. Além disso, a carta também informava que processos judiciais haviam sido iniciados contra um cidadão turco suspeito de envolvimento na morte do piloto do avião abatido, o que era outra condição estabelecida por Moscou.

Em 29 de junho, Erdogan e Putin concordaram durante um telefonema em se encontrar pessoalmente ainda este ano. Putin, em seguida, suspendeu a proibição de voos fretados para a Turquia e instruiu o governo russo a negociar o reavivamento do comércio bilateral com Ancara.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала