Secretário-geral da ONU pede paz no Sudão do Sul

© AFP 2022 / Charles Atiki LomodongPeriodistas en la sala de conferencias durante los enfentamientos al lado del palacio presidencial en Yuba, Sudán del Sur
Periodistas en la sala de conferencias durante los enfentamientos al lado del palacio presidencial en Yuba, Sudán del Sur - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, criticou a volta dos confrontos no Sudão do Sul, nos últimos dias, e pediu aos participantes do conflito que encerrem as hostilidades.

Povoado de Gorlovka, em Donbass, após ataque realizado por militares ucranianos. - Sputnik Brasil
ONU: número de vítimas em Donbass no mês de junho é o mais alto dos últimos 10 meses
“Estou estremecido pelos confrontos violentos que se desenvolvem neste momento em Juna. Peço insistentemente ao presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e ao ex-vice-presidente, Riek Machar, que façam tudo que estiver a seu alcance para apaziguar a situação e ordenar as forças armadas que encerrem os combates e voltem a suas bases”, disse o chefe da ONU em uma declaração publicada por sua assessoria de imprensa.

Anteriormente, o Conselho de Segurança da ONU convocou uma reunião extraordinária para debater a situação no país africano.

Na última sexta-feira, nas imediações do palácio presidencial do Sudão do Sul, um grande tiroteio ocorreu depois que o chefe de estado ordenou a prisão do primeiro vice-presidente.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала