Embaixada dos EUA se recusa a comentar status de diplomatas deportados da Rússia

© Sputnik / Iliya Pitalev / Abrir o banco de imagensUS Embassy in Moscow
US Embassy in Moscow - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Embaixada dos EUA na Rússia não comenta o status de seus funcionários, afirmou o porta-voz da Embaixada, William Stevens, neste sábado, após Moscou revelar que dois diplomatas americanos tiveram de ser deportados da Rússia.

Vista do edifício do Ministério das Relações Exteriores russo em Moscou, Rússia - Sputnik Brasil
Moscou confirma deportação de dois diplomatas russos dos EUA
Anteriormente, o vice-ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, afirmou que dois diplomatas americanos tiveram de deixar a Rússia eforam declarados persona non grata por “atividades incompatíveis com status diplomático.”

Ambos eram funcionários da CIA, segundo Ryabkov, e um deles se envolveu recentemente em um incidente fora da Embaixada americana em Moscou.

“Como é nosso procedimento padrão, não discutirei o status de nenhum funcionário fora dos EUA”, disse Stevens à RIA Novosti.

No dia 6 de junho, relatos indicaram que um guarda do Serviço de Segurança Federal Russo (FSB) posicionado em frente à embaixada teve um confronto físico com um diplomata americano que supostamente estaria tentando entrar no edifício.

A porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse a jornalistas na semana passada que um vídeo do incidente mostra o diplomata americano atacando um policial russo. Ela apontou que o diplomata era um funcionário da CIA voltando de uma operação de inteligência naquela noite.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала