Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

ONU: número de vítimas em Donbass no mês de junho é o mais alto dos últimos 10 meses

© Sputnik / John TrastPovoado de Gorlovka, em Donbass, após ataque realizado por militares ucranianos.
Povoado de Gorlovka, em Donbass, após ataque realizado por militares ucranianos. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O número de vítimas do conflito no leste da Ucrânia em junho foi o mais alto nos últimos dez meses, informou o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

Lançador múltiplo de foguetes BM-21 Grad - Sputnik Brasil
Ucranianos deslocam lançadores múltiplos de foguetes para Donbass
"Em junho foram registrados confrontos intensos na área de conflito no leste da Ucrânia, que resultaram no mais alto número de vítimas entre a população civil desde agosto de 2015", informou o último relatório sobre a situação na região, referente ao período entre 1 de 30 de junho.

Segundo os dados do OCHA, 12 pessoas morreram após combates e trocas de tiros, e 57 ficaram feridas. Os autores do relatório destacam que os ataques mútuos foram realizados com uso de "diversos sistemas de artilharia, incluindo calibres proibidos pelos acordos de Minsk". 

O mesmo relatório informa a morte de 5 pessoas, e ferimento de 14, em consequência de explosões de minas.

Segundo OCHA, desde o início do conflito, 9 470 pessoas morreram, entre as quais, 2 mil eram civis. Além disso, 21 880 pessoas ficaram feridas em consequência do conflito na região. 

As autoridades da Ucrânia iniciaram, em abril de 2014, uma operação militar contras as autoproclamadas repúblicas de Lugansk e de Donetsk, que declararam independência depois do golpe de Estado, ocorrido no país em fevereiro do mesmo ano. A normalização da situação em Donbass foi objeto das reuniões do grupo de contato em Minsk que, desde setembro de 2014, já aprovou três documentos no sentido de regulamentar o fim do conflito. No entanto, mesmo após os acordos de Minsk e do cessar-fogo, as partes do conflito continuam a realizar ataques esporádicos entre si.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала