Rússia: prorrogação de sanções é 'miopia política'

© AFP 2022 / ALEXANDER NEMENOVMinistério das Relações Exteriores da Rússia
Ministério das Relações Exteriores da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou que a extensão das sanções setoriais da União Europeia contra a Rússia por mais seis meses é uma continuação de uma política míope.

"Nós interpretamos a nova extensão das sanções setoriais contra a Rússia, que são ilegítimas do ponto de vista do direito internacional, até 31 de janeiro de 2017 como uma continuação da política míope de Bruxelas", afirmou a diplomacia russa em comunicado.

Espaço Schengen, bandeira da União Europeia - Sputnik Brasil
UE prolonga sanções contra Rússia até janeiro de 2017
O documento observa que "é absurdo vincular essas medidas discriminatórias com o cumprimento dos acordos de Minsk por parte da Rússia, que não é parte do conflito interno da Ucrânia, especialmente sob as condições atuais, tendo em vista que Kiev não está pronta para respeitar os compromissos assumidos".

"Com suas próprias mãos, a União Europeia transformou a relação com a Rússia em refém do jogo irresponsável do governo ucraniano", afirma a chancelaria.

Ainda segundo a nota, a manutenção das sanções resulta em perdas substanciais para ambas as partes, visto que o comércio mútuo encolheu 40% por cento no ano passado em relação a 2014. Esta tendência negativa se mantêm este ano.

Desde março de 2014, os Estados Unidos e a União Europeia e alguns dos seus aliados adoram sanções individuais e setoriais contra a Rússia por causa da sua posição em relação à crise ucraniana.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала