Unesco condena assassinato de jornalista sírio na Turquia

© Sputnik / Y. Polyakov / Abrir o banco de imagensUNESCO
UNESCO - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, condenou nesta quinta-feira o assassinato do fotojornalista Khalid Issa na Turquia.

Jornalista opositor turco sofre atentado diante de tribunal em Istambul - Sputnik Brasil
Jornalista opositor turco sofre atentado diante de tribunal em Istambul (VÍDEO)
"Eu condeno esse ato de violência que levou à morte de Khalid Issa. O trabalho e o comprometimento de profissionais da mídia como provedores de informação precisa é essencial em todas as sociedades, e especialmente naquelas que enfrentam conflitos. Sem informação, nenhum progresso pode ser alcançado. E lembro a todas as partes para observarem o status civil dos jornalistas e seu direito de exercer sua profissão como prescrito pelas Convenções de Genebra", disse Bokova. 

Khalid Issa morreu após sofrer uma série de ferimentos graves em uma explosão de bomba caseira perto da sua residência. O atentado ocorreu no dia 16 deste mês. Sua morte foi confirmada em um hospital de Antáquia oito dias depois. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала