Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

União Europeia exige que Reino Unido comece procedimento de saída o mais breve possível

© REUTERS / Neil HallHomem carrega uma bandeira da União Europeia depois do referendo britânico, Londres. Reino Unido, 24 de junho de 2016
Homem carrega uma bandeira da União Europeia depois do referendo britânico, Londres. Reino Unido, 24 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os líderes da União Europeia estão prestes a iniciar negociações sobre a saída do Reino Unido da união muito em breve, indica o comunicado conjunto do presidente do Conselho Europeu Donald Tusk, do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do presidente atual do Conselho da UE, o premiê honaldês Mark Rutte.

"Estamos prestes a iniciar negociações com a Grã-Bretanha sobre as condições da sua saída da União Europeia", declararam os líderes das instituições europeias.

O ministro de Relações Exteriores russo Sergei Lavrov durante o encontro com a Federação Mundial de Câmaras Comerciais, Moscou, Rússia, 22 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Chanceler russo: Brexit é um assunto interno do Reino Unido
Eles destacaram que "até que o processo de negociações com o Reino Unido termine, este permanecerá membro da União Europeia <…>".

O chanceler francês disse que é preciso fazer tudo de modo rápido.

"Não deve haver qualquer incerteza. É preciso que o governo britânico informe sobre a decisão oficial do povo britânico para que comecemos a implementar [as cláusulas] deste artigo (do Tratado de Maastricht — red.). [É necessário] para a unidade e estabilidade da Europa e do Reino Unido. É urgente, não convém perder tempo", disse Ayrault aos jornalistas antes da reunião de ministros da UE em Luxemburgo.

Dois ativistas com a bandeira da UE e Union Jack pintadas em suas caras beijam-se em frente ao Portão de Brandenburgo para protestar contra Brexit em Berlim. 19 de junho e 2016 - Sputnik Brasil
Mundo chocado com decisão dos britânicos
Por seu turno o presidente da França François Hollande disse que lamenta os resultados do referendo britânico.

"O Reino Unido não será mais parte da UE. Os procedimentos previstos pelo tratado serão realizados de forma rápida. As regras são estas, as consequências são estas, afirmou Hollande falando na televisão.

Na quinta-feira (23), no Reino Unido foi realizado um referendo sobre a permanência do país na União Europeia. Segundo os dados oficiais, 51,9% da população britânica votaram a favor da saída da união.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала