Federação Internacional de Halterofilismo retira duas vagas da Rússia no Jogos Olímpicos

Nos siga noTelegram
A Federação Internacional de Halterofilismo (FIH) decidiu punir a seleção da Rússia com duas cotas de participação nos Jogos Olímpicos de 2016, informou a assessoria de imprensa da organização.

Nesta foto de arquivo, Yelena Isinbayeva salta com vara no campeonato de atletismo da Rússia em Cheboksary em junho de 2016 - Sputnik Brasil
COI aprova suspensão parcial dos atletas russos
A decisão foi tomada pelo conselho executivo da FIH, após revelação de alguns resultados positivos para doping, durante o período de classificação para os Jogos.

A equipe masculina e feminina perderam uma cota cada uma. A FIH também puniu com duas cotas as seleções do Azerbaijão, Cazaquistão, Coreia do Norte e Moldova. As seleções da Bielorrússia, Roménia e Uzbequistão perderam uma cota cada uma. 

A punição  ocorreu tendo como pano de fundo a suspensão da Federação Russa de Atletismo dos Jogos Olímpicos de 2016.

O lançador de martelos russo, Sergei Litvinov, disse que os atletas russos devem combater até o fim pelo direito de se apresentar no Rio de Janeiro.

“Vamos lutar até o fim. Não sei com que meios, mas, em todo caso, não temos nada a perder. É difícil responder agora o que eu vou fazer, até porque eu não sei se eu que devo tomar a iniciativa, ou se será algo feiro pela federação ou pelo Comitê Olímpico da Rússia. Ainda não fomos informados. Talvez isso fique claro nos próximos dias. Se é para agir por conta própria, então eu vou agir”, disse Litvinov aos jornalistas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала