Chefe da inteligência militar de Israel não quer derrota do Daesh na Síria

© AP Photo / Mahmoud IlleanSoldados de Israel.
Soldados de Israel. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na sequência das declarações da Defesa israelense sobre sua preferência pelo Daesh na Síria, o chefe da inteligência militar do país, major-general Herzi Halevy, reforçou esse discurso, dizendo que Tel Aviv não deseja ver uma derrota do grupo terrorista, pois isso deixaria Israel em uma posição difícil.

Israel: entre Irã e Daesh, escolheria o Daesh - Sputnik Brasil
Israel: entre Irã e Daesh, escolheria o Daesh
Em discurso em uma conferência na cidade de Herzliya na última semana, o militar, citado pela mídia local, destacou que os últimos três meses têm sido os mais difíceis para os extremistas desde o início do califado e que "Israel não quer que a situação na Síria termine com uma derrota do Daesh". 

De acordo com Halevy, em um cenário como esse, as potências internacionais deixariam a região e deixariam o seu país sozinho diante do Hezbollah e de um Irã poderoso. 

"Portanto, temos que fazer tudo que pudermos para não ficarmos em tal situação", afirmou. 

Em janeiro, o ministro israelense da Defesa, Moshe Ya'alon, disse em um evento do Instituto de Estudos de Segurança Nacional, em Tel Aviv, que ele ficaria com o Daesh se tivesse que escolher entre a organização extremista e o Irã e seus aliados na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала