Rússia afirma que não tem lógica vincular sanções aos Acordos de Minsk

© Sputnik / Natalia SeliverstovaDmitry Peskov, porta-voz do presidente russo
Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz presidencial russo, Dmitry Peskov, declarou que carece de lógica vincular as sanções contra a Rússia com a implementação dos acordos de Minsk, o que compete à Kiev.

Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia - Sputnik Brasil
Kiev sabota acordos de Minsk: prazo indicado por Washington é inviável
“Consideramos uma falta de lógica absoluta as frases sobre a vinculação das sanções com cumprimento dos Acordos de Minsk por parte de Moscou”, disse ele. 

Peskov indicou que “a disposição para abordar os pontos dos Acordos de Minsk é um sinal de que existe a esperança de que um futuro não muito distante comece a sua implementação”, destacando que isso só diz respeito à Kiev fazê-lo. 

Os acordos, acertados em fevereiro de 2015 para resolver o conflito em Donbass, preveem, entre outros pontos, um cessar-fogo, a retirada de armas pesadas, a adoção de um status especial para as autoproclamadas repúblicas populares de Lugansk e Donetsk e a celebração de eleições locais nestes territórios. 

Em abril de 2014 as autoridades ucranianas lançaram uma operação militar contra Donetsk e Lugansk, que se declararam independentes após o golpe de Estado em fevereiro de 2014. 


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала