Protestos tomam a Cidade do México depois dos confrontos e das mortes em Oaxaca

© REUTERS / Jorge Luis PlataRiot police officers stand guard next to a burning barricade after clashes with protesters from the National Coordination of Education Workers (CNTE) teachers’ union
Riot police officers stand guard next to a burning barricade after clashes with protesters from the National Coordination of Education Workers (CNTE) teachers’ union - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta terça-feira, grupos de jovens usando máscaras interromperam o trânsito em uma das principais vias de trânsito da capital mexicana, a Avenida de los Insurgentes.

Manifestações na cidade de Oaxaca, 20 de julho de 2106 - Sputnik Brasil
Tensão política se agrava no México em consequência de protestos
Segundo informações divulgadas pela polícia da cidade, o trânsito foi interrompido nos arredores da cidade universitária no sul da capital. Os participantes da ação de protesto bloquearam o movimento de ônibus e carros. Diversas latas de lixo e pedaços de madeira foram incendiados, e as estações de ônibus foram quebradas. 

Os protestos foram provocados pelos acontecimentos em Oaxaca, onde acontecerem confrontos entre o movimento dos professores e a polícia. Segundo diversas fontes, de 10 a 13 pessoas morreram nos tumultos e mais de 100 ficaram feridas.  

Os confrontos em Oaxaca aconteceram no domingo. O motivo das manifestações foi a reforma da educação, promovida pelo presidente Enrique Peña Nieto, e que pressupõe restrições no regulamento no direito ao trabalho na área de educação. A reforma tem enfrentado muitas críticas por parte dos professores, alegando que não consegue avaliar de forma eficaz as competências profissionais e justifica demissões em massa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала