- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Violência e racismo atingem brasileiros na Eurocopa

© AFP 2022 / FRANCK FIFETorcedores alemães na Eurocopa
Torcedores alemães na Eurocopa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dois jornalistas brasileiros da Band, Fernando Oliveira (33) e Sônia Blota (45), foram atacados por torcedores da seleção da Alemanha durante a Eurocopa, informou o jornal Estadão nesta quinta (16).

O incidente aconteceu no centro de Paris na véspera do jogo da primeira fase da Eurocopa entre a Alemanha e a Polônia em frente da estação de trens Gare du Nord. Desta estação partem os trens que levam até ao Stade de France e, por isso, tinha grande movimento de torcedores alemães e poloneses. A equipe tinha a intenção de conversar com torcedores dos dois países e perguntar sobre as expectativas do jogo, mas foi abordada por um grupo de torcedores alemães. 

​"Um cara acompanhado de um grupo de cerca de 50 torcedores veio e gritou: 'Get out, niggers' [caiam fora, negros!]", contou o cinegrafista, que é negro.

O torcedor tinha um bastão, com o qual empurrou Fernando Oliveira, antes de chutar a repórter Sônia. "Pedi para que não batessem nela e, quando nós estávamos saindo, ouvi de novo: 'Get out, niggers ' e levei um tapa na cara", disse Oliveira.

"A dor não é física, é moral e psicológica. Parece que o resto da vida vamos ter de nos desculpar por sermos negros e minoria", acrescentou ele.

Os jornalistas conseguiram tirar uma foto dos atacantes. Os brasileiros já entraram em contato com a polícia.

Lettres géantes Euro 2016 à Lille - Sputnik Brasil
UEFA desclassifica condicionalmente seleção russa até o fim do Euro 2016
O jogo entre a Alemanha e a Polônia terminou no Stade de France em um empate 0x0.

Desde o início do torneio, há sete dias, 323 hooligans de várias nacionalidades foram detidos e 196 foram presos em razão de distúrbios violentos. 

Nesta quinta (16) o Tribunal de Marselha condenou três torcedores russos a penas entre oito meses e dois anos de prisão por comportamento violento no sábado passado. De acordo com o procurador de Marselha, Brice Robin, as autoridades da França quiseram desta forma enviar um recado aos outros hooligans.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала