Rússia entrega ao Japão vídeos de primeiros minutos após ataque a Hiroshima e Nagasaki

© AP Photo / Stanley TroutmanCorrespondente aliado visita escombros de Hiroshima após ataque nuclear dos EUA – 8 de setembro de 1945
Correspondente aliado visita escombros de Hiroshima após ataque nuclear dos EUA – 8 de setembro de 1945 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Duma, câmara baixa do parlamento russo, Sergei Naryshkin, informou que o Parlamento russo entregou ao primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, os vídeos gravados por um militar soviético logo após os EUA lançarem as bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki.

"São documentários de arquivo, filmados pelos nossos militares durante a visita duma delegação soviética a Hiroshima e Nagasaki logo após os bombardeios nucleares norte-americanos dessas cidades, que mataram dezenas de milhares de japoneses", disse o líder parlamentar russo durante a entrevista coletiva no Japão.

Naryshkin acrescentou que são cópias dos vídeos descobertos nos arquivos russos a pedido dos historiadores japoneses.

Fumio Kishida, ministro de Relações Exteriores do Japão - Sputnik Brasil
Acordo de paz entre a Rússia e o Japão será negociado na semana que vem em Tóquio
Além disso, o chefe da Duma russa disse estar surpreendido pelo comportamento do presidente dos EUA, Barack Obama, que evitou se desculpar pelos bombardeios durante a sua visita a Hiroshima no final de maio, tendo apenas lamentado esses ataques de 6 e 9 de agosto de 1945.

"Espanta-me, claro, o comportamento do líder da nação cujos políticos e militares naquela época foram responsáveis por este horrível crime de guerra, que matou dezenas e centenas de milhares de pessoas inocentes", disse Naryshkin.

O presidente da Duma também disse que, no seu encontro com Shinzo Abe, na quinta-feira, ele tinha transmitido uma mensagem verbal do chefe de Estado russo Vladimir Putin.

"A mensagem para o primeiro-ministro Abe reafirmou o convite para visitar no início de setembro Vladivostok e ter um encontro paralelo ao Fórum Econômico do Extremo Oriente", disse ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала