Premiê israelense prefere viver com luxo

© AFP 2022 / KAZUHIRO NOGBenjamin Netanyahu com a sua esposa Sara
Benjamin Netanyahu com a sua esposa Sara - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As despesas de viagem do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, a Nova York para a última sessão da Assembleia-Geral da ONU totalizaram pouco menos de $2 milhões, incluindo o penteado, que custou a Israel $1.600, e a maquiagem da mulher, outros $1.750, informou o jornal israelense Haaretz na quinta-feira.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, está sob pressão após revelações de que os contribuintes israelenses pagaram um total de mais de 6,7 milhões de shekels ($1.730.000), após sua viagem à 70ª Sessão da Assembleia-Geral da ONU em Nova York no ano passado, incluindo US $1.600 gastos em penteado.

Tel Aviv, Israel - Sputnik Brasil
Israel quer aproximação à Rússia por causa da sua segurança
A informação veio a público após um pedido legal, dirigido ao gabinete do primeiro-ministro e ao Ministério das Relações Exteriores, feito pelo advogado Shahar Ben-Meir, através do Tribunal do Distrito de Jerusalém ao abrigo da Lei de Liberdade de Informação, relata o jornal Haaretz.

Netanyahu e sua esposa visitaram Nova York entre 29 de setembro e 4 de outubro de 2015, e as contas foram pagas pelo consulado de Israel e da missão israelense na ONU.

De acordo com uma tabela de custos compilados pelo consulado em 17 de Janeiro, a maior parte da despesa foi com o voo para Nova York, que custou $1,5 milhão.

Bem como com o cabeleireiro, Netanyahu gastou $1.750 para pagar os serviços da artista de maquiagem. Para relaxar, o primeiro-ministro israelense precisou de $64,20 para o vinho, e pagou quase $70 por uma cópia do jornal israelense Yedioth Ahronoth.

Barack Obama e Benjamin Netanyahu. - Sputnik Brasil
Não há nenhum sinal de melhoramento nas relações EUA-Israel
Além disso, as refeições de Netanyahu e sua esposa Sara custaram $1.860, e a lavagem de sua roupa custou $210.

De acordo com o Haaretz, as despesas separadas da esposa de Netanyahu não foram liberadas. No início deste ano, a polícia israelense relatava que os promotores públicos acusaram Sara Netanyahu de supostos gastos de fundos públicos na residência do casal.

Uma das despesas mais surpreendentes listadas é de quase $20.000 para a remoção de mobiliário a partir dos seus quartos de hotel, presumivelmente para acomodar os hóspedes. Isso incluiu $3.500 para a remoção e $16.000 para o armazenamento dos móveis.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала