Rússia vira produtor No.1 de grãos no mundo

© Pedro Revillion/ Palácio PiratiniColheita de grãos
Colheita de grãos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, a Rússia agora está à frente dos EUA no volume de exportação de grãos, com 3,5 milhões de toneladas mais que os Estados Unidos, e excede a exportação do Canadá em 2 milhões de toneladas.

Em 2014, os EUA ocupavam o primeiro lugar, seguido do Canadá.

O Instituto de Pesquisa de reatores nucleares da cidade russa de Dimitrovgrad - Sputnik Brasil
Mais de R$105 milhões por grama: um raro produto russo para exportação
De 130 países, o Egito, a Turquia e o Irã são os principais importadores de grãos produzidos na Rússia. O crescimento da exportação aumentou consideravelmente em 2002, o que favoreceu a sua ascensão ao top ten (lista dos 10 principais) de exportadores mundiais de grãos, permitindo que, pela primeira vez na história da Rússia, em 2016 esta seja a líder nesta lista.

"A alta do dólar americano jogou um papel importante nisto, somado ao custo de exportação do  grão estadunidense e permitindo a Rússia arrebatar negócios de venda de trigo a compradores habituais do grão norte-americano, tais como a Nigéria e o México," informou Aleksandr Korbut, o vice-presidente da União de Produtores de Grãos da Rússia.

Korbut afirmou que, se não houver perturbação nas condições climáticas, a Rússia provavelmente irá se manter na frente até o próximo ano.

Grain squashed during crop harvesting - Sputnik Brasil
Rússia não produz apenas armas
Rússia espera exportar 64 milhões de toneladas da colheita total de trigo deste ano, que está estimada entre 106 e 111 milhões de toneladas, resultando num novo recorde comparando com os 108,2 milhões de toneladas produzidas em 2008.

Esta é uma tendência recorrente na maioria  dos setores agrícolas nacionais, com a triplicação da produção de carne de porco e a duplicação da produção de carne de aves desde 2006.

Rublo - Sputnik Brasil
Banco Mundial melhora previsão de recuperação da economia russa
As sanções econômicas ocidentais que foram impostas à Rússia devido ao seu suposto papel no conflito no leste da Ucrânia, "caíram como uma luva" para os agricultores russos.

A produção excessiva da agricultura permitiu um recorde de $20 bilhões mais de receitas que a venda de armas para a Rússia. Ao mesmo tempo, a importação de alimentos caiu 40%, o que é mais um fator positivo para a economia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала