Coreia do Sul se prepara para 'provocações' de Pyongyang

© AP Photo / Lee Jin-manSouth Korea's navy ships patrol near Yeonpyeong Island, South Korea, Wednesday, Nov. 23, 2011. South Korea marked the first anniversary of North Korea's island attack Wednesday
South Korea's navy ships patrol near Yeonpyeong Island, South Korea, Wednesday, Nov. 23, 2011. South Korea marked the first anniversary of North Korea's island attack Wednesday - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Coreia do Sul está realizando manobras navais na sua costa ocidental com o objetivo de se preparar para possíveis provocações de Pyongyang, informou na quinta-feira o comunicado da Marinha do país.

"Estamos em completa prontidão de combate para responder rapidamente a possíveis provocações do inimigo nas águas da costa ocidental", diz o comunicado, citado pela agência de notícias Yonhap.

Os exercícios de três dias iniciaram-se na quinta e envolvem 20 navios de guerra. As manobras visam preparar os militares sul-coreanos para um possível cruzamento por parte da Coreia do Norte da fronteira marítima ocidental (linha de Limite Norte).

Sistema antimisiles THAAD - Sputnik Brasil
Coreia do Sul e EUA discutem locais para instalar sistemas THAAD
Em maio, depois de um incidente com uma embarcação de patrulha e um barco de pesca, a Coreia do Norte avisou que faria fogo contra qualquer navio militar da Coreia do Sul que violasse a fronteira marítima.

A Marinha da Coreia do Sul disparou tiros de aviso contra o barco de pesca e a embarcação de patrulha  que atravessaram a fronteira marítima no Mar Amarelo.  De acordo com os militares sul-coreanos, os navios da Coreia do Norte voltaram imediatamente ao norte.

Mais cedo neste mês, a Coreia do Norte acusou Seul de violação das suas águas territoriais e espaço aéreo, e de realizar missões de reconhecimento fora da fronteira marítima.

A Coreia do Norte ameaçou fazer frente às chamadas "provocações militares" de Seul.

Os países ainda permanecem formalmente em estado de guerra, visto que, depois da Guerra Coreana em 1950-1953, não assinaram qualquer tratado de paz.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала