Bolívia não quer galinha imperialista no seu território

Nos siga noTelegram
O Governo boliviano recusou a oferta anunciada pelo magnata americano Bill Gates de doar galinhas para "reduzir a pobreza e melhorar a nutrição" dos camponeses deste país, segundo declarou à imprensa local o ministro do Desenvolvimento Rural e Terras, César Cocarico.

"Rude, acho rude, porque infelizmente a visão de algumas pessoas, especialmente do império, continua nos vendo como mendigos", afirmou o ministro, citado pela agência de notícias Fides Da Paz.

Através de sua Fundação Bill & Melinda, Gates anunciou que enviaria na qualidade de doação, e através da organização Heifer International, 100 mil galinhas a uma vintena de países, entre os quais se encontra a Bolívia, com o objetivo de "reduzir a pobreza" e "melhorar a nutrição" de camponeses, detalha a agência boliviana.

Cocarico expressou a recusa do governo boliviano ao oferecimento de Gates, depois da reunião do gabinete de ministros, na residência presidencial em La Paz.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала