Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

CIA: Daesh pode enviar militantes para organizar atentados no Ocidente

© AP Photo / Pablo Martinez MonsivaisJohn Brennan, diretor da CIA
John Brennan, diretor da CIA - Sputnik Brasil
Nos siga no
O grupo terrorista Daesh dispõe de um número suficiente de militantes para os enviar aos países Ocidentais, com objetivo de realizar ataques, alertou o diretor da CIA, John Brennan.

Veículo da RAID (tropa de elite da polícia francesa) deixa o local da operação em Magnanville, nos arredores de Paris, depois de matar um homem que sequestrou a esposa e o filho de um policial morto a facadas por um homem - Sputnik Brasil
Homem que matou policial nos arredores de Paris jurou lealdade ao Daesh
Na quinta-feira, ele discursará durante audições no comitê especial de inteligência do senado, e a agência Associated Press divulgou alguns trechos do seu pronunciamento. 

“O Estado Islâmico dispõe de um grande número de combatentes dos países ocidentais que, potencialmente, podem ser usados para realizar atentados terroristas no Ocidente”, adverte Brennan. Ele supõe que os terroristas, possivelmente, já começaram a trabalhar nesse sentido e que são capazes de utilizar o fluxo de refugiados do Oriente Médio para Europa para cumprir os seus intuitos.

Segundo Brennan, um dos núcleos mais organizados e perigosos do Daesh está na Líbia. Ao mesmo tempo, a contingente do Daesh no Sinai “se transformou em uma unidade terrorista mais ativa no Egito”.  

Amigos e familiares de vítimas em Orlando perto do clube Pulse após o tiroteio. 12 de junho, 2016 - Sputnik Brasil
Chefe da polícia de Orlando: atirador declarou lealdade aos terroristas do Daesh
Brennan classifica o Daesh de “um inimigo perigoso”, mas destaca o progresso da coalizão antiterrorista, liderada pelos EUA. Segundo ele, “o grupo continua distante da realização dos objetivos anunciados durante a proclamação do califado, há dois anos”. 

O diretor da CIA disse que o fluxo financeiro do Daesh também sofreu uma redução. Apesar disso, o grupo ainda recebe dezenas de milhões de dólares mensalmente da população de áreas controladas pelos terroristas e da venda do petróleo.

“Infelizmente, todos os nossos sucessos no combate com o Estado Islâmico não reduziram as possibilidades do grupo de realizar atentados terroristas em todo o mundo”, conclui Brennan.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала