Rússia está na lista dos países que melhor usam o 'poder brando'

© Sputnik / Evgeniya Novozhenova / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin de Moscou
Vista do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A agência britânica Portland colocou pela primeira vez a Rússia na lista dos 30 países mais influentes em termos de "soft power" (poder brando).

A permanência nesta classificação mostra a capacidade dos países de influenciar outros países por meio dos valores da sociedade civil, da cultura e das ideias, e não mediante dinheiro ou armas, explica a edição russa Kommersant.

Banderas de la UE y Rusia (archivo) - Sputnik Brasil
Pesquisa: Europeus não aprovam a política da UE em relação à Rússia
Na véspera da publicação oficial da classificação, os jornalistas constataram que a Rússia ficou no 27º lugar, tendo subido devido à sua ação em pôr termo à fase ativa do conflito em Donbass, bem como na luta contra Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia).

No ano passado a Rússia estava apenas entre os 50 primeiros.

Os EUA ocupam a posição de liderança (no ano passado os analistas da agência atribuíram o primeiro lugar ao Reino Unido). Em segundo lugar está a Alemanha, no terceiro — o Japão.

Os cálculos do índice foram realizados a partir de dois critérios — de indicadores objetivos e subjetivos. A parte objetiva consiste na avaliação dos seguintes critérios: administração pública, clima de negócios, a educação e a participação do país na solução dos problemas globais.

Passaportes de vários países do mundo - Sputnik Brasil
Rússia atrai: quais países têm cidadanias mais cativantes do mundo?
Os indicadores subjetivos são definidos pelos dados de uma enquete realizada em 25 países do mundo onde são avaliados aspectos muito diversos, desde a atitude em relação à gastronomia nacional, a avaliação da popularidade dos produtos industriais produzidos no país, incluindo os bens de luxo, até à qualidade de vida nos espaços públicos, cordialidade dos moradores, cultura e política externa do Estado.

A Rússia tem o resultado mais alto em cobertura de rede externa de missões diplomáticas e de envolvimento na resolução dos desafios globais, escreve o Kommersant. De acordo com este indicador, a Rússia está no 9º lugar (o 1º lugar pertence à França).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала