Pentágono fala em apoio à Turquia diante de 'agressão russa'

© Sputnik / David B. GleasonPentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA
Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter, prometeu apoiar o ministro da Defesa da Turquia, Fikri Isik, diante da "agressão russa", informou o Pentágono.

As partes reuniram-se no âmbito da reunião dos ministros da Defesa dos países da OTAN, realizada em Bruxelas, na última terça-feira (14).

"O ministro Carter confirmou que os Estados Unidos defendem a segurança da Turquia contra a agressão russa e as ameaças terroristas", disse o comunicado.

Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 25 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Zakharova: Rússia apela à Turquia para que busque perpetradores que mataram piloto russo
Carter e Isik também abordaram a questão da crise da imigração e o reforço das fronteiras da Turquia.

As relações entre Moscou e Ancara deterioraram-se após um caça turco abater em 24 de novembro de 2015 um avião militar russo que retornava para sua base na Síria. 

De acordo com a diplomacia russa, o avião foi abatido sobre o território sírio, mas os turcos argumentam que seu espaço aéreo foi violado.

O ataque resultou na morte do piloto, que foi atacada a após ejetar do avião; outro militar russo morreu durante a operação de resgate dos passageiros.

Na ocasião, o presidente russo, Vladimir Putin, descreveu o incidente como uma "punhalada nas costas".

O novo primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim, disse que seu gabinete buscará normalizar as relações com a Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала