Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Papa Francisco devolve dinheiro 'diabólico' de Macri: 'Não gosto do 666'

© REUTERS / Marcos BrindicciPresidente da Argentina, Mauricio Macri, logo após a tomada de posse na Casa Rosada
Presidente da Argentina, Mauricio Macri, logo após a tomada de posse na Casa Rosada - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Papa Francisco rejeitou uma doação do presidente da Argentina, Mauricio Macri, porque a soma da transferência incluía o número 666, considerado pelos católicos como o “número da Besta”.

De acordo com o jornal Insider Vaticano, o presidente argentino doou 16.666 milhões de pesos – o equivalente a cerca de 1,211 milhão de dólares – para a fundação educacional Scholas Occurentes, que apoia o Sumo Pontífice. 

No entanto, o Papa escreveu uma carta a fim de devolver o dinheiro, escrevendo em um pós-escrito: "Eu não gosto do número 666".

"Esses três últimos dígitos pareceram uma piada de mau gosto para Francisco, cujos passatempos quase desconhecidos incluem acrósticos e numerologia" escreveu o Vatican Insider.

Na segunda (13), a chanceler do país sul-americano, Susana Malcorra, abordou a situação durante um encontro com o Santo Padre e, após a reunião, disse que entre o chefe da Igreja Católica e o presidente argentino já não havia nenhuma hostilidade.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала