Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Irã condena massacre de Orlando

© AP Photo / Carlos BarriaAs bandeiras nacionais dos EUA e do Irã
As bandeiras nacionais dos EUA e do Irã - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Irã condenou oficialmente nesta segunda-feira (13) o atentado terrorista ocorrido no domingo (12) em uma boate gay de Orlando, e que resultou em 50 mortes e deixou 53 pessoas feridas.

"A República Islâmica do Irã condena o hediondo ataque terrorista em Orlando e apela para uma frente comum para combater este flagelo" – declarou o porta-voz do ministro das Relações Exteriores iraniano Hossein Jaberi Ansari, citando pela agência oficial IRNA.

O massacre começou às 2h e terminou às 5h locais, com a morte de Omar S. Mateen, o atirador. Natural da cidade de Porto St. Lucie, na Flórida, e filho de paquistaneses, Mateen tinha 29 anos, trabalhava como guarda de segurança e era cidadão americano, segundo informou a Agência Brasil. Segundo a rede americana NBC News, Mateen teria jurado aliança ao Daesh pouco antes de começar a atirar.

Castelo da Cinderella - Walt Disney World - Sputnik Brasil
Terrorista de Orlando pensou em atacar a Disneylândia
O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que o atirador foi influenciado por extremistas islâmicos, mas admitiu que não há evidências de comando externo no ato perpetrado.

O governador da Flórida, Rick Scott, disse, em entrevista, que as investigações "ainda estão nos estágios iniciais" e que, portanto, ainda não é possível determinar com certeza a causa do ataque.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала