Afinal: Pentágono reconhece o fato do ataque contra aliados na Síria

© flickr.com / Michael BairdPentágono, sede do Departamento da Defesa norte-americano
Pentágono, sede do Departamento da Defesa norte-americano - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Pentágono investiga o caso de um ataque efetuado pela Força Aérea dos EUA contra posições de grupo militar seu aliado na Síria, que luta contra os jihadistas do Daesh, comunica o jornal The Wall Street Journal.

Hackers do Exército Eletrônico da Síria invadem site do Exército dos EUA - Sputnik Brasil
Hackers descobrem mais de 100 brechas nos sistemas do Pentágono
Segundo a fonte, o incidente ocorreu no fim de maio perto da povoação de al-Maar. Como verificou o representante oficial do Comando Central das Forças Armadas dos EUA, o grupo aliado Mutasim Brigade que luta contra o Daesh foi atingido pelo golpe.

"Inicialmente tinha sido comunicado que quatro pessoas poderiam ter sido mortas", disse o coronel Patrick Ryder. Segundo ele, a investigação do incidente já começou.

"Vamos apoiar os que lutam contra o Daesh e vamos pôr em prática todos os resultados obtidos para aumentar a eficiência das nossas operações no futuro", acrescentou Ryder.

Soldados da OTAN na  cerimônia de abertura dos exercícios militares na Lituânia em 8 de junho, 2015 - Sputnik Brasil
Pentágono: agressão russa será um dos principais temas da reunião de ministros da OTAN
Segundo informa o jornal, este foi o primeiro caso de reconhecimento de ataques contra posições de aliados por parte do Comando Central norte-americano.

Anteriormente, os líderes do grupo militar tinham comunicado sobre a perda de 10 combatentes. O Pentágono tinha verificado o fato de golpe sobre o bairro de al-Maar, mas comunicou que, como resultado do ataque, foram destruídas duas unidades militares e um veículo dos terroristas. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала