Casa Branca: Daesh já perdeu 50% dos territórios na Turquia e 20% na Síria

© AFP 2022 / ALBARAKA NEWSMilitantes do Daesh na fronteira Síria-Iraque (arquivo)
Militantes do Daesh na fronteira Síria-Iraque (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O enviado especial do presidente dos EUA para a coalizão internacional liderada pelos EUA na Síria e no Iraque, Brett McGurk, revelou nesta sexta-feira (10) alguns dados relativos aos êxitos militares das campanhas antiterroristas realizadas até hoje naquele país.

Segundo ele, desde o início dos ataques, o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico), já perdeu mais de 100 líderes, bem como 50% de seus territórios no Iraque e 20% dos territórios na Síria. Além disso, o trecho da fronteira turco-síria controlada pelos terroristas diminuiu para meros 19 quilômetros.

"É o maior desafio terrorista com que já nos deparamos nos últimos tempos. Nós lutamos contra cerca de 40 mil combatentes de todo o mundo… Agora, eles perderam cerca de 50% no Iraque, 20% na Síria e continuam perdendo territórios" – disse Mc Gurk.

Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA - Sputnik Brasil
Porta-voz: EUA estão inspirados pelo sucesso da Líbia contra o Daesh
"É difícil de dizer quantos homens combatem hoje pelo Daesh, mas, de acordo com os nossos dados, esse número gira entre 19 e 25 mil e continua diminuindo. Eles foram cortados pela metade" – acrescentou o porta-voz, lembrando que o Daesh perdeu diversas fontes de renda e enfrenta graves problemas financeiros.

Ele destacou ainda que a diminuição do território controlado pelos terroristas na fronteira turco-síria teve uma grande importância da luta contra Daesh, já que é através dessa fronteira que os terroristas entram na Turquia e ganham acesso à Europa para realizar seus atentados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала