Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lula defende empresas públicas e o sistema de partilha do pré-sal, durante ato no Rio

© Fernando Frazão/Agência BrasilLula participa do lançamento de campanha em defesa das empresas publicas no Rio de Janeiro
Lula participa do lançamento de campanha em defesa das empresas publicas no Rio de Janeiro - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu, na noite desta segunda-feira (6), as empresas públicas brasileiras e criticou eventuais tentativas de privatizá-las, informou Agência Brasil.

Lula em ato com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro, Abril 2016 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Lula participa de ato político-cultural no Centro do Rio
Lula participou do lançamento da campanha “Se é público é para todos”, que contou com diversas lideranças políticas, sindicais e intelectuais, na Fundição Progresso, na Lapa, centro do Rio de Janeiro.

O ex-presidente citou a Petrobras e disse que seu governo foi responsável por aumentar o tamanho da empresa e de sua capacidade de pesquisa, com a descoberta do pré-sal.

“Nós decidimos que a descoberta do pré-sal não seria utilizada para fazer aquilo que outros países fizeram, criando a teoria da doença da vaca holandesa. Nós iríamos criar uma regulamentação, que o pré-sal seria o passaporte para o futuro deste país. Por isso, nós criamos o sistema de partilha, dizendo que o petróleo é do estado e do povo brasileiro, investindo em educação e ciência e tecnologia, para tirar o atraso deste país. Não foi fácil aprovar isso no Congresso, mas conseguimos. Assim que nós descobrimos o pré-sal, os americanos criaram a 4ª frota [naval, para o Atlântico Sul]. É importante que a gente tenha claro que os interesses contra nós são muitos”, disse Lula.

O ex-presidente também disse aos presentes que ainda era cedo para se falar nas eleições de 2018, mas frisou que os adversários tinham medo dele retornar como candidato.

A campanha “Se é público é para todos” está sendo organizada pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, com objetivo de se opor à privatização de  empresas públicas nacionais.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала