- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Após perda de órgãos, Temer ordena FAB a disponibilizar avião para transporte

© Andre Gomes de Melo /GERJMichel Temer assina decreto ordenando FAB a disponibilizar jato garantindo transporte de órgãos para transplantes no país
Michel Temer assina decreto ordenando FAB a disponibilizar jato garantindo transporte de órgãos para transplantes no país - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em breve pronunciamento nesta segunda-feira (6) à imprensa, o presidente interino Michel Temer anunciou a assinatura de decreto determinando que a Aeronáutica mantenha permanentemente um aviação da Força Aérea Brasileira (FAB) à disposição para atuar no transporte de órgãos e tecidos para transplantes realizados no país.

Segundo Temer, a medida respondia a reportagem publicada no domingo (5) pelo jornal “O Globo” denunciando a falta de jatos da FAB para o transporte de emergência de órgãos para transplante.

Médico - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Governo Temer autoriza reajuste de até 13,57% em planos de saúde, acima da inflação

“Uma matéria veiculada nos últimos dias, que nós entendemos da maior relevância, que é a questão referente ao transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplante. Para nossa tristeza cívica, nós verificamos que a notícia registrava que não havia avião da FAB para transportar aquele material. Acabei de assinar decreto, que será publicado amanhã (7) onde se determina a Aeronáutica, com a sua absoluta concordância, que se mantenha permanentemente no solo à disposição para qualquer chamado, para o transporte desse órgão, ou, ainda, se for para transportar aquele paciente para o local onde está o órgão ou o tecido, que assim também se faça.”

A reportagem denuncia que entre 2013 a 2015 um total de 153 órgãos, incluindo corações, fígados, pulmões, pâncreas, rins e ossos se perderam, porque a FAB deixou de fornecer aviões para o translado dos órgãos. Porém, nas mesmas ocasiões a Aeronáutica teria atendido a requisições de voos para ministros do Executivo e presidentes da Câmara e do Senado. O levantamento foi obtido pelo jornal com base na Lei de Acesso à Informação.

Michel Temer garantiu que a partir de agora não haverá mais essa deficiência. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала