Países ocidentais 'fazem jogo sujo'?

© Sputnik / Vladimir Sergeev / Abrir o banco de imagensBandeiras da Rússia e da UE
Bandeiras da Rússia e da UE - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia não patrocina os partidos radicais nos países da União Europeia, afirmou o presidente do Comitê Internacional do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo) Konstantin Kosachev.

Bandeiras da União Europeia próximo ao edifício da Comissão Europeia, Bruxelas - Sputnik Brasil
Revolta? Polônia critica UE por esta se transformar em um 'Superestado'
"É surpreendente que, no âmbito de uma campanha geral de calúnia contra a Rússia <…> nos pretendem convencer de que a Rússia patrocina e inspira esses partidos [radicais]", disse o político russo aos jornalistas, no Luxemburgo, para onde viajou na sexta-feira (3) para se reunir com altos dirigentes desse país.

"Do meu ponto de vista, o crescente apoio popular a esses partidos de extrema-direita ou de extrema-esquerda se deve ao fato de os eleitores estarem desapontados com a situação nos seus países e com o que representa, atualmente, a União Europeia", disse Konstantin Kosachev.

O alto funcionário disse que "muita gente não gosta do jeito como funcionam hoje em dia a UE e a OTAN, e como resposta surge o apoio às ideologias mais radicais, mas isso não tem nada a ver com a Rússia".

"As tentativas de culpar a Rússia de tudo é um jogo político sujo e indecente", concluiu.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала