Militantes sírios se rearmam aproveitando do regime de silêncio

© AFP 2022 / RAMI AL-SAYEDJihadistas de Frente al-Nusra affiliada a Al-Qaeda's no destruido campo de refugiados palestino Yarmuk ao sul de Damasco, setembro 2014
Jihadistas de Frente al-Nusra affiliada a Al-Qaeda's no destruido campo de refugiados palestino Yarmuk  ao sul de Damasco, setembro 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os grupos de Daesh e Frente al-Nusra (proibidos na Rússia), aproveitando do regime de silêncio, realizaram o reagrupamento de suas forças e se reabasteceram de armas na província síria de Aleppo, disse o representante do Centro russo para a reconciliação das partes em conflito na Síria.

Refinaria de petróleo em Marchmarin, na Síria - Sputnik Brasil
Aviação síria destroi quatro instalações petrolíferas do Daesh
"Aproveitando o cessar-fogo e o fato de as unidades desta organização terrorista estarem nas mesmas áreas com as unidades da chamada ‘oposição moderada’, que não está sujeita a ataques da Força Aérea russa, a Frente al-Nusra levou a cabo o reagrupamento de suas forças, se reabasteceu de armas e munições e começou operando ativamente", disse ele.

A trégua na Síria entrou em vigor no último dia 27 de fevereiro, após um acordo internacional apoiado por Rússia e EUA para suspender os conflitos no país e garantir o envio de ajuda humanitária à população. A medida, no entanto, não contempla grupos terroristas como Daesh e Frente al-Nusra, que seguem sendo atacados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала