Áustria: extrema direita pode contestar resultado de eleições presidenciais

© AFP 2022 / Alexander KleinDer FPÖ-Chef Heinz-Christian Strache
Der FPÖ-Chef Heinz-Christian Strache - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Partido da Liberdade da Áustria (FPO) pode protestar formalmente contra o resultado das eleições presidenciais realizadas em maio.

Alexander Van der Bellen - Sputnik Brasil
Ex-líder dos Verdes, Alexander van der Bellen, ganha eleições presidenciais na Áustria
O candidato presidencial do partido, Norbert Hofer, pediu que sejam anulados os votos enviados por e-mail.

O partido de direita está estudando as irregularidades reveladas em alguns centros de votação. Segundo os representantes do FPO, as cédulas foram contadas rapidamente, e o número de votos foi maior do que o esperado.

“Se as irregularidades forem confirmadas por especialistas legais… então temos uma responsabilidade perante a democracia”, declarou Heinz Christian Strache, presidente do partido. Ele disse ainda que a decisão definitiva será tomada na próxima quarta-feira, 8 de junho.

Além disso, segundo Strache, os votos via correio devem ser abolidos “por infringirem a Constituição”, já que não se respeita o direito ao voto secreto, agregou o líder de direita.

No dia 23 de meio, Alexander Van der Bellen, candidato independente, foi eleito presidente da Áustria, derrotando Hofer. A diferença foi de apenas 31 mil votos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала