Serviço de Segurança da Ucrânia tortura os detidos

© AFP 2022 / KIRILL KUDRYAVTSEVO agente do SBU
O agente do SBU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Esta informação foi tornada pública no diário britânico The Times. De acordo com o secretário-geral adjunto das Nações Unidas para os direitos humanos, Ivan Simonovic, "o desrespeito dos direitos humanos" de Kiev se tornou sistemático e este problema precisa de ser urgentemente resolvido.

Manifestação a favor de integração europeia em Kiev, Ucrânia - Sputnik Brasil
ONU acusa Kiev de atrapalhar investigação sobre violações de direitos humanos na Ucrânia
O SBU detém e tortura suspeitos opositores do governo, bem como aqueles que simpatizam com as repúblicas autoproclamadas de Donetsk e Lugansk no sudeste da Ucrânia.

A delegação da Subcomissão das Nações Unidas para a Prevenção da Tortura (SPT, na sigla em inglês) visitou a Ucrânia em maio, para inspecionar os locais de detenção.

Kiev lançou uma operação militar no Sudeste da Ucrânia em abril de 2014, depois que os moradores locais se recusaram a reconhecer as novas autoridades ucranianas chegadas ao poder.

Depois de referendos realizados em maio de 2014, as regiões de Donetsk e Lugansk se autoproclamaram repúblicas populares.

Em fevereiro de 2015, foi assinado um acordo de paz entre as partes ucranianas em conflito na capital bielorrussa Minsk. No entanto, apesar do acordo, as hostilidades continuam.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала