Kalashnikov apresentará drones na exposição KADEX 2016

© Sputnik / Iliya Pitalev / Abrir o banco de imagensVoos demonstrativos de drones perto de Moscou
Voos demonstrativos de drones perto de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A empresa de produção de veículos aéreos não tripulados (VANTs) Zala Aero Group, que faz parte do consórcio Kalashnikov, planeja entrar o mercado de aviação não tripulada da CEI.

A empresa participará na exposição de armas KADEX 2016 na cidade de Astana (Cazaquistão) para apresentar os seus modelos mais avançados.

Aleksey Krivoruchko, executivo-chefe da Kalashnikov Concern - Sputnik Brasil
Alta-costura: Kalashnikov lançará linha de vestuário e acessórios
A exposição internacional de armas e equipamento militar será realizada entre 2 e 5 de junho. Desta participarão mais de 300 empresas-produtoras de equipamento militar de vários países do mundo, nomeadamente da Comunidade de Estados Independentes. O complexo industrial militar da Rússia será representado no salão por mais de 40 empresas. A delegação de Rosoboronexport (a estatal russa responsável pela exportação e importação de material bélico) na exposição será chefiada pelo conselheiro do diretor-geral da empresa, Esen Topoev.

A Zala Aero Group participará da exposição pela primeira vez, de acordo com o comunicado da empresa, que também informou:

"Durante a exposição estão sendo planejados voos de demonstração da série de aparelhos não tripulados, entre os quais há aparelhos do tipo de aviões e helicópteros".

Além disso, a Zala Aero exibirá também uma estação de pequeno porte de controle de VANTs – o sistema KRV-7 de controle em tempo real, que funciona sem necessitar de qualquer sistema operacional. O KRV-7 é portátil e não tem análogos no mundo, é multifunção e pode ser usado não só para controlar drones, mas também para controlar qualquer tipo de equipamento robotizado, seja terrestre ou submarino.

"No momento, o número total dos drones construídos pela empresa supera as 2.000 unidades. Eles estão em grande número nos arsenais do MVD [ sigla em russo para o Ministério do Interior russo] e MChS [sigla russa para Ministério das Situações de Emergência], bem como em várias outras estruturas da Rússia, provando suas altas caraterísticas de exploração ", disse o diretor Aleksei Krivoruchko, citado pela assessoria de imprensa do consórcio.

Ele notou também que, mesmo tendo em conta a sua ampla utilização pelos vários serviços de defesa, os drones são mais usados na esfera civil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала