Polônia nega que escudo antimísseis da OTAN ameace a Rússia

© AFP 2022 / Janek SkarzynskiLos destacamentos de defensa antimisiles de EEUU en Polonia (archivo)
Los destacamentos de defensa antimisiles de EEUU en Polonia (archivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O posto de defesa antimísseis da OTAN que está sendo construído em Redzikowo não representa ameaça para a Rússia, declarou à agência PAP o ministro de Relações Exteriores da Polônia, Witold Waszczykowski.

Pentágono: Sistema AEGIS existe para conter Oriente Médio, não a Rússia
“O presidente da Rússia, Vladimir Putin, deve entender perfeitamente que o sistema de defesa antimísseis na Polônia nada tem a ver com a segurança da Rússia e que seu objetivo é proteger a Europa contra um ataque com mísseis do Oriente Médio”, disse o diplomata.

Apesar disso, a presença militar dos EUA e das forças multinacionais da OTAN na Europa “é uma resposta ao comportamento muito agressivo e às ameaças das autoridades russas, disse Waszczykowski.

“Será uma presença defensiva e não representará ameaça para a Rússia”, enfatizou o ministro polonês.

Em meados deste mês de maio, começou a funcionar o sistema antimísseis americano Aegis Ashore na base de Deveselu, na Romênia, cerca de 600 quilômetros a oeste da península russa da Crimeia. 

Os EUA estão construindo uma base semelhante com radares e mísseis interceptores na cidade polonesa de Redzikowo, localizada a cerca de 180 quilômetros de Kaliningrado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала