Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil já tem 1.434 casos confirmados de microcefalia

© REUTERS / Mariana BazoAgente de saúde analisa amostra de sangue de paciente com suspeitas de zika no Instituto Nacional de Saúde de Lima, Peru, em 2 de fevereiro de 2016
Agente de saúde analisa amostra de sangue de paciente com suspeitas de zika no Instituto Nacional de Saúde de Lima, Peru, em 2 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (24) um boletim confirmando a informação de que o número de casos confirmados de microcefalia no Brasil chegou a 1.434, 50 a mais em comparação ao boletim da semana passada, e dos quais 1.273 foram registrados na Região Nordeste.

De acordo com o documento, dos 1.434 casos confirmados, 208 tiveram teste de laboratório positivo para infecção pelo vírus Zika. O ministério, no entanto, estima que a maioria dos casos está relacionada ao Zika.

Instituto anuncia que vacina contra Zika estará disponível para testes antes do fim do ano - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Instituto anuncia que vacina contra Zika estará disponível para testes antes do fim do ano
Os 1.434 casos confirmados estão distribuídos por 517 municípios, localizados em 25 unidades da Federação. Pernambuco é o estado com maior número de casos confirmados – 359, seguido por Bahia º 247, Paraíba – 129 e Maranhão – 126.

Os números são referentes ao período de outubro de 2015 a 21 de maio de 2016, quando foram registrados 7.623 casos suspeitos. Deste total, 2.932 foram descartados por terem exames normais ou microcefalia derivada de outras causas. Outros 3.257 casos de recém-nascidos com suspeita de ter a malformação ainda não tiveram diagnóstico conclusivo.

Mosquitos Aedes aegypti - Sputnik Brasil
Zika chega pela primeira vez à África, alerta OMS
Foram registradas ainda, durante o mesmo período, 285 mortes suspeitas de microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação (abortamento ou natimorto) no país. Desses, 60 foram confirmados para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central. Outros 187 continuam em investigação e 38 foram descartados.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала