China desenvolve plataforma para vender produtos russos na internet

© AFP 2022 / WANG ZHAOA general view shows the skyline of a central business district in Beijing
A general view shows the skyline of a central business district in Beijing - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Plataforma online para venda de produtos russos já funciona na cidade de Heihe, na província de Heilongjiang.

Moedas e notas de yuan chinês em torno de um dólar norte-americano - Sputnik Brasil
China pretende importar 10 trilhões de dólares nos próximos cinco anos
“Nessa plataforma será possível se comunicar online, realizar transações, monitorar o progresso dessas transações e garantir a segurança do comércio”, declarou o diretor geral da empresa Epindo, Hing Quan.

Para promover produtos russos na China, a empresa já investiu 20 milhões de yuan, o equivalente a US$ 3,1 milhões.

A plataforma foi criada no segmento O2O (online to offline) e seu principal propósito é atrair clientes da internet para lojas físicas.

Segundo estimativas chinesas, o modelo de negócio deve garantir um contato frequente entre exportadores russos e importadores chineses.

Segundo a publicação online Ruposters, no dia 8 de abril o Ministério de Desenvolvimento Econômico da Rússia, em nome do Presidente Vladimir Putin, preparou um esboço de análogo russo do serviço chinês Alibaba.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала