França diz não à abolição de vistos para ucranianos

© flickr.com / Oona RaisanenEspaço Schengen, bandeira da União Europeia
Espaço Schengen, bandeira da União Europeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro do Interior francês Bernard Cazeneuve declarou na sexta-feira (20) que os ucranianos têm poucas chances de obter em breve o regime de isenção de vistos com a União Europeia.

Cazeneuve falava durante o encontro com os seus colegas da UE em Bruxelas.

"O tema não pode ser considerado nas próximas semanas ou meses. Este não é o desejo da França".

A Comissão Europeia chamou os países-membros a abolir o regime de vistos em relação a três países (Ucrânia, Geórgia e Kosovo) porque eles cumpriram todas as exigências do bloco europeu.

Marine Le Pen - Sputnik Brasil
Marine Le Pen: União Europeia se desfaz
De acordo com as alterações feitas pela Comissão Europeia, foi estabelecido um mecanismo que permite o acesso à zona Schengen a qualquer destes três países mas, caso surja qualquer problema, ele poderá ser revogado por seis meses.

Para entrar em vigor a decisão deve ser aprovada pelo Parlamento Europeu.

Os Cárpatos - Sputnik Brasil
Integração à Europa pode roubar florestas da Ucrânia
O ministro do Interior alemão Thomas De Maizier declarou durante a mesma reunião de sexta-feira (21) que as decisões sobre nova abolição de vistos devem ser feitas antes de o mecanismo entrar em vigor.

O embaixador francês na Rússia, Jean-Maurice Ripert, tinha notado que a França estava pronta a abolir os vistos com a Rússia porque não há risco de grande fluxo de imigrantes a partir deste país.

Mesmo assim, a França não pode tomar tal decisão por si mesma porque tal mudança precisa da aprovação de todos os países-membros da zona Schengen, notou o embaixador.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала